PONTE D. MARIA, EM LAGOS

(Mai.2014)

Em reunião extraordinária da Câmara de Lagos foi apresentado e aprovado o projeto e a abertura de concurso público para a empreitada de Reabilitação e Reforço Estrutural da Ponte D. Maria, prevendo-se que a obra esteja concluída antes do verão de 2015.
Considerado pela Edilidade como “vital para a ligação entre margens e o bom funcionamento de equipamentos (escolares e outros), das unidades hoteleiras, empresas e comércio, da Marina e infraestruturas portuárias e ferroviárias”, o Projecto teve autoria da Consulmar, tendo a respectiva equipa sido dirigida pelo Engº Pedro Parreira.
A solução projetada prevê a demolição do tabuleiro da ponte existente, o reforço estrutural dos seus pilares através de microestacas, a reabilitação arquitetónica da obra de arte, a construção de um novo tabuleiro e o reposicionamento sob o mesmo das condutas de águas e esgotos e das infraestruturas de telecomunicações. A solução desenvolvida para a  geometria do novo tabuleiro da Ponte D. Maria apresenta uma largura total de 11,75 m, compreendendo uma faixa de rodagem bidirecional com 6,50 metros de largura útil, passeios e dimensão generosa de ambos os lados, permitindo, assim, a opção mista pedonal/ciclovia.Os passeios serão nivelados com a faixa de rodagem, mas separados fisicamente da mesma, solução que apresenta flexibilidade para, em caso de necessidade, reformular o espaço sobre o tabuleiro e criar mais uma faixa de rodagem.