Dragagem da Baía de Luanda e Alimentação Artificial das Praias da Ilha de Luanda

O estado de assoreamento da baía de Luanda tem vindo a causar inúmeros problemas na zona marginal da cidade, nomeadamente de ordem ambiental. Para resolver este problema foi elaborado o projecto de dragagem da baía, aproveitando-se as areias para fazer a recarga das praias da Ilha, as quais haviam sido sujeitas em 1987 a uma operação inicial de alimentação, e cuja manutenção através de recargas havia então sido prevista. O volume de dragagens envolvido foi da ordem de 800 000 m³, tendo a CONSULMAR elaborado o respectivo projecto, e procedido ao acompanhamento e fiscalização da obra.

Localização: Luanda, Angola

Dono da Obra: Ministério das Obras Públicas e Urbanismo de Angola Direcção Nacional de Infraestruturas